quinta-feira, 27 de março de 2014

Gazeta nº 20

A Gazeta da Casa 


Faça o seu comentário!


29 comentários:

  1. Queridos leitores da Gazeta da Casa!

    Os jornalistas estão de parabéns porque temos assuntos para todos os gostos!

    Emilio Botín, Lula, Pedro Casaldáliga, Juscelino Kubitschek, Adélia Prado, Edilberto Coutinho, Leopoldo María Panero, Sebastião Salgado, Mauro Shampoo, Jairzinho e Manuela Malasaña são os nomes que encontramos nesta edição.

    As notícias do Brasil são o polêmico rolezinho, o tabaco genérico, o SESC instrumental e o programa Mais Médicos.

    Sobre o futebol, tema especial deste ano, há artigos sobre o turismo sexual infantil durante a Copa, a situação dos estádios, o futebol no cinema brasileiro, a influência das marcas no comportamento dos jogadores e até a previsão de quem vai ganhar o Mundial!

    E falando de outro esporte... você sabia que há beisebol no Brasil?

    Além disso, ótimas dicas para:

    * ouvir as rádios brasileiras através do tunein
    * manter o corpo e a mente saudáveis
    * viajar por Salvador e Florianópolis

    Show de bola, galera!! Curtam e deixem aqui seu comentário!

    Boa leitura a todos!

    Glaucia

    ResponderExcluir
  2. Editorial

    E com o número 20... finalmente o editorial chegou, bem-vindo seja!

    O que dizer da linda apresentação dessas nossas profes tão entregues à gente? Nosso obrigadão por tudo, queridas! Beijão

    ResponderExcluir
  3. Dicas de viagem

    Interessante dica, Alejandra, Tom. Deu vontade de viajar para lá conhecer.

    Gente, vamos dar um rolezinho na ilha?

    ResponderExcluir
  4. Publibola

    Pois é, Teresa, concordo com você: que tirem essas camisetas, puxa!

    ResponderExcluir
  5. Pessoal,

    Mais uma vez, parabéns pelo excelente material! :-)

    É uma satisfação enorme e um grande orgulho verificar, através da Gazeta, a dedicação, o esforço, a qualidade e o talento de vocês nas aulas de português ;-)

    Assim dá gosto seguir trabalhando :-) :-) :-)

    Abração,

    Milla

    ResponderExcluir
  6. A AMIZADE TRAZ BOM RESULTADOS

    O grande amizade entre Lula e Botín mostra que a afeição, o reconhecimento, o apoio e os afagos mútuos proporcionam excelentes resultados não somente em termos econômicos como também além da política.

    O banqueiro tem muitos interesses na América Latina em geral y no Brasil em particular, logo tem muito sentido para ele estabelecer laços com pessoas que podem contribuir ao consecução dos seus fins. E então, que melhor modo de começar essa amizade que com 500 mil euros para a campanha de Lula? A grana não torna as pessoas felizes, mas melhora o sistema imune ;-) e produz um estímulo que favoreçe o início de amizade. Quanto mais grana e apoio, seja qual for, melhor será amizade no início, depois é basicamente uma questão de química

    Eu acho que é claro que há química entre eles, isso explica que Botín tenha tido gestos políticos de grande repercussão como o impulsionamento dos microcréditos.

    Por sua vez, Lula precisava de ajuda econômica y política para a sua vitória de 2002, e Botín foi um aliado ótimo, porque tinha influência no alto escalão no Brasil e fora do Brasil.

    Além disso suas palavras e seus investimentos no Brasil foram um exemplo perfeito e ajudaram outros a fazer investimentos no país e melhorar a crise de dívida brasilera, que era perigosa naquele tempo.

    Com o passar do tempo e como houve química surgiu uma verdadeira amizade além dos asuntos políticos econômicos.

    --Roberto

    ResponderExcluir
  7. Oi, pessoal!
    Eu gostei muito do artigo que fala sobre Leopoldo María Panero. Acho que é um dos melhores poetas espanhóis do final do século XX e princípios do XX; é pena que não goze de maior prestígio e que a sua literatura no seja tão conhecida (mesmo dentro da própria Espanha!). Eu o descobri numa aula de tradução literaria na universidade, mas, infelizmente, pouco tempo após ele morreria.
    Apesar de ser um homem atormentado, compulsivo e padecer de graves doenças mentais, a sua literatura (especialmente a sua poesia) é maravilhosa, cheia de sentimento. Lendo os seus poemas, você mergulha na psicologia humana, nas obsessões que o atormentavam. Inclusive, através da poesia de Panero, a gente toma consciência da tênue linha que separa a loucura da cordura. Na minha opinião, para entender (e também para curtir a poesia), na maioria das vezes, é preciso você ler a biografia do autor; ao ser uma arte encriptada, intimista e, com frequência, muito pessoal, precisa ser lida com cuidado, refletindo sempre.
    O filme do Jaime Chávarri é fantástico! Trata-se duma longa-metragem (ou dum documentário) que ilustra perfeitamente o ambiente literário no qual o poeta espanhol vivia imerso; o espectador quase pode respirar o ar boêmio que os próprios protagonistas “desprendem” e, aliás, ele pode ter uma ideia da vida nos círculos literários.
    Por outro lado, eu gostei muito da comparação que estabelece Luis Alemany entre Peter Pan e Panero: o homem adulto que ainda não cresceu e se recusa a aceitar a realidade, mas cujo espírito sempre foi muito crítico, o que hoje, na linguagem politicamente correta, chamaríamos “anti-sistema”.
    Por último, eu gostaria de dizer que concordo que a última poesia é o reflexo da sua vida em verso, além duma excelente alegoria da morte.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi galera,

      Fiquei surpreendida lendo TABACO GENÉRICO, ao saber que não será possível fumar nas arquibancadas dos estádios-sedes da Copa do Mundo.

      Não sei se o verdadeiro propósito da medida está baseado na saúde, mas inclusive se o Brasil quiser aproveitar esta ocasião para mostrar ao mundo sua capacidade inovadora, eu gosto da ideia.

      Embora os estádios de futebol sejam espaços abertos e não haja somente crianças, acho que é uma proibição ótima, sobretudo para os fumantes passivos.

      Excluir
  9. Oi,
    Acho que a Gazeta é uma boa forma de compartilhar os conhecimentos e o arte.
    Gosto muito muito dos artigos sobre literatura, me lembro do artigo da gazeta No 19 sobre os contos e Rubem Fonseca, quase choro com "O Ensino da Gramática". E agora nesta nova edição, tenho conhecido a Adélia Prado y Leopoldo María Panero.
    Muito obrigada Raffaella e Florian, vocês são pessoas sensíveis e escrevem muito bem.

    Abração,

    Nadia

    ResponderExcluir
  10. Chama-me a atenção a noticía so*re a vidente Márcia Fernandes por três razões.
    A primeira porque rompe com a tendencia da maioria do seus colegas que quase sempre (ao menos os que eu conhecí) fazem as suas previsões *aseando-se em cálculos de pro*a*ilidades, colocando a sua previsão no lado onde ditas pro*a*ilidades são mais elevadas, de modo que por pura estatística, os acertos são sempre maiores que os erros. Neste caso, a vidente Márcia tem sido Valente, por isso *ravo!
    A segunda, é a importancia que pelo visto, os meios de comunicacão *rasileiros tem concedido a esta previsão, ocultando-a, o que mostra a influencia que os videntes podem chegar a terem sore as pessoas, ao menos no *rasil.
    Em todo o caso, e isto é o que mais surpreende-me, acho que se quando um vidente vaticina o fim do mundo e ninguém tem pro*lema nenhum para dizê-lo ou fazêlo pú*lico, e no entanto a previsão da vidente Márcia tem sido escondida ou esquecida debido ao pánico, que tão catastrófico cenário poderia causar é porque o torcedor *rasileiro tem mais medo a outro "Maracanazo" que ao fim do mundo,......ou talvez é porque as duas são a mesma coisa.
    Perdão pelos erros e tenha-se em conta que * representa o letra que no teclado está entre o"v" e o "n" e que hoje não quer funcionar.

    ResponderExcluir
  11. Eu gostei muito do artigo Publibola porque aprendi uma cosa que parece óbvia mais que não é tão evidente. A regra 12 é em vigor desde 2004 quando o International Football Association Board (IFAB), que é o organismo oficial da FIFA, pôs a regola sancionadora, considerando que tirar a camiseta para festejar o gol é “uma conduta antiesportiva “ porque dizem que festejar um gol assim resulta desnecessário e que os jogadores devem evitar uma tão excessiva mostra de jubilo!(textual). Para considerar que o jogador a tirado a sua camiseta não é preciso que á tire completamente, basta com que passe pelo colarinho escondendo a cabeça.
    Ás vezes esquecemos que o futebol antes de nada e um grande negocio, (todo espetáculo esportivo em realidade) mais quando se leem as razoes que dizem eles que fundamentam a norma não posso evitar pensar que são bastante hipócritas e não somente isso, eles devem crer que todos somos idiotas.
    Eu compreendo as razoes comerciais e os compromissos dos clubes e jogadores com os seus patrocinadores; Nas suas relações contratuais eles podem sancionar essa atitude já que prejudica os intereis do sponsor mas que não digam que tirar a camiseta para festejar é uma provocação e um excesso porque sabem que não é certo. Parabéns Teresa pelo artigo, agora sei uma coisa mais.



    ResponderExcluir
  12. O Mundial 2014: Um negócio rentável?

    A história sempre se repite, mas com atores diferentes. Antigamente, quando o império romano dominava a maior parte da Europa e do norte de África, os poderes públicos emcabeçados pelo imperador distraiam ao povo com jogos sem fim. O plano era simples. Quanto mais eles estivesssem curtindo os jogos, menos atentos esrariam à realidade social cheia de desigualdades e restrições à beça.
    Ja no século XXI esses gladiadores romanos se tornaram em jugadores de futebol. Assim, este nobre esporte é agora "a pipoca do povo". Na Espanha e no Brasil, duas potências futbolistas atuais, a vida dos jogadores e de suas equipes preenchem mais tempo nos noticiários do que otras noticias. Endeusados e tratados como se fossem chefes do estado , pussuem de uma influência na sociedade sem comparação. Todos os jovens querem chegar a ser futebolistas. Todos querem formar parte deste circo. ..ou negócio?

    Ao ler os artigos da Gaceta relacionados com o próximo Mundial 2014, lembro-me de umas palavras da Presenta Rousseff sobre que este Mundial será " A mãe de todos os mundiais". Sim, será com certeza.
    Segundo jornais brasileros, a diferencia orçamentária em relação à construção dos estádios de futebol disparou-se até chegar a R$ 604 milhões ( € 262, 6 milhões ). O pior de tudo: os acidentes laborais, onde um jovem de 21 anos morreu recentemente na construção do estádio Mané Garrincha.
    Sim, haverá um Mundial incomparável...
    O custo da vida é cada vez mais alto, os preços da vivienda no Rio cresceram no último año até 20%, os preços de transporte são pra lá de altos, quase estonteantes. Em consequência, é muito provável que haja uma inflação alta e dificílima de controlar. A conta é sempre paga pelos mesmos sofridores cidadões.

    Abraham Zarzalejo

    ResponderExcluir
  13. TABACO GENÉRICO

    Jose Manuel Almendros, parabéns pelo seu artigo sobre o tabaco genérico no Brasil.
    Achei muito interesante a informação que você dá sobre as medidas que o goberno brasileiro tem desenvolvido contra o tabaquismo e para conseguir o controle do tabaco. Fazer os maços menos chamativos e aumentar os impostos, proibir a publicidade... são medidas que já foram tomadas noutros países, mas a proibição de fumar nas arquibancadas dos estádios durante a copa do mondo acho que será um bon exemplo para o resto de países, e dará muito que falar.
    Além disso, encontro os dados sobre a fabricação, venda e exportação muito representativos e interessantes.
    Outra vez, parabéns!

    Beatriz Gutiérrez

    ResponderExcluir
  14. Turismo sexual infantil durante a Copa

    Este é um dos artigos os quais achei mais interessantes. A exploração infanil é um tema muito delicado e preocupante sobre o que é necessario fazer uma profunda reflexão. São muitos países na América Latina que tem este problema embora, em verdade, este seja um problema presente no mundo enteiro, e é que embora as pessoas queiram fechar os olhos, o problema vai seguir estando lá.
    Parece que quando eventos de tal magnitude como é a Copa tem lugar há duas opcões que podem acontecer: ou estes problemas se maquiam ou surgem com mais força e chamam a atenção de mais pessoas. Quando o que acontece é a segunda opcão, então podemos ver o lado positivo de este tipo de acontecimentos.
    A verdade é que todas as pessoas sabem o que acontece no lugar no qual vivem, ninguém ignora o problema mas ninguém faz nada também não. A não participação, o não envolvimento das pessoas é o que permite que problemas como é o da exploração sexual infantil continuem existindo. É verdade que o governo teria que tomar providencias, mas as pessoas não podem ficar sentadas esperando que o governo faça algo, são as proprias pessoas quem tem que condenar socialmente este tipo de atos. Além disso, segundo o artigo Dilma disse que o governo "aumentaria os esforços na prevenção da exploração das crianças e adolescentes não só durante a Copa, mas também durante o Carnaval", bom e durante o resto do ano? O que acontece aquí é que parece que há coisas muito mais interessantes com as quais se envolver como o futebol, etc., a saber coisas que produizem dinheiro.
    É necessario que uma mudança social tenha lugar já, que as pessoas repensem os seus valores e comecem a lhe dar a importancia que merecem as questões socias, em vez de ficar olhando pro outro lado ou sómente procurando diversão. O papel que tem as ONGs em quanto a conscientizar as pessoas é muito importante, embora ás vezes as suas voces sejam silenciadas por o negócio de empresas como a Adidas, embora ás vezes as próprias ONGs sejam uma empresa só procurando benefícios econômicos.
    Como sociedade é importante refletir sobre o origem de problemas como o turismo sexual e chegar á compreensão do problema. Acho que neste momento no que estamos vivendo os trabalhadores sociais vão ter um rol muito importante.

    Parabéns pelo artigo!

    Talmai Caballero

    ResponderExcluir
  15. Oi,
    Eu realmente gostei do artigo sobre Manuela Malasaña. Malasaña sendo atualmente um dos bairros mais populares de Madrid, está se tornando num lugar que une todos os tipos de grupos, interesses e pessoas. Eu nunca soube a história sobre Malasaña, e muito menos que o distrito foi nomeado depois de uma mulher francesa que deu a sua vida para a Espanha. Independentemente de como ela morreu, é impressionante ver que nesses tempos de guerra, Manuela, que era francesa, tomou o lado dos espanhóis e, finalmente, perdeu a vida contra seus próprios compatriotas. O distrito de Malasaña é uma área muito abrangente e multicultural de Madrid, e agora quando eu conheço a história trás do nome dele, está fazendo ainda mais sentido para mim.

    ResponderExcluir
  16. Achei muito interessante o artigo de Jose Manuel titulado “Tabaco Genérico”. Como ex- fumante que sou creio que todas as medidas que se adotem para erradicar o consumo do tabaco são bem-vindas e promover isso é uma responsabilidade dos estados. Dado que os impostos sobre o tabaco são uma importantíssima fonte de ingressos para os estados uma das medidas mais utilizadas pelos poderes públicos para limitar o consumo é subindo os preços do tabaco. O estado protege e também se enriquece. No caso do Brasil ao ser produtor tem mais mérito porque as perdidas são maiores. Se nos warnings dos maços de tabaco em vez de “o tabaco mata” pusesse : ”você esta regalando 3,50€ ao estado” seria tal vez mais efetivo.
    Acho que dentro de alguma década o tabagismo será erradicado e que os cigarros serão uma lembrança do nosso passado recente. Quando as pessoas vejam alguém fumando num filme eles saverao que a historia transcorre no século XX.
    Em minha opinião o fato de proibir fumar dentro dos estádios durante o mundial é uma medida valente. Em Espanha não seria imaginável uma tourada sem espectadores fumando charutos (duas atividades politicamente incorretas juntas). Uns dirão que porque não se vai a poder fumar num espetáculo ao ar livre mais outros argumentaram que também não se pode fumar dentro dum cinema e até os fumadores mais empedernidos o podem aguentar. Ao final tudo é uma questão de mentalização.

    ResponderExcluir
  17. Mais médicos, mais saúde

    O artigo fala sobre a péssima situação do sistema sanitário no Brasil. Os principais problemas são a falta de médicos e a irregular distribução dos mesmos no país. No Brasil há 1,8 médicos por mil habitantes, enquanto na Espanha há 4. É uma profissão desempenhada pelas classes sociais mais altas.

    Por causa disso surge o programa "Mais Médicos" desenvolvido pelo Ministério da Saúde. Seus objetivos são o investimento em hospitais e a formação de um maior número de médicos.
    Os médicos espanhóis podem trabalhar lá com este programa por um período de três anos com um bom salário de 3000 euros, aluguel de vivenda, passagem de avião e um curso de língua portuguesa nos primeros meses.

    Eu concordo com a posição do Governo brasileiro de somente contratar estrangeiros nos sectores onde haja vagas disponíveis. O que aconteceu na Espanha foi exatamente o contrário: contratar estrangeiros mesmo que houvesse nacionais sem emprego.

    Por último, é importante conhecer que há oportunidades de emprego no Brasil para espanhóis e que o Governo do Brasil está tentando melhorar o sistema da saúde.

    ResponderExcluir
  18. Mercados Populares

    Eu não conhecia a história do Mercado Modelo de Salvador. Lendo o artigo acho que deve ter sido um lugar de grandíssima importância para a cidade; na primeira metade do século XX como mercado de abastecimento, pela sua relevância para a economia e o comercio; e depois, na segunda metade, como lugar de encontro social e cultural da música, do carnaval, da capoeira, das festas, no resumo das raízes populares. Um lugar mágico onde, como é evidente a partir do artigo, qualquer tipo de expressão cultural tinha cabimento.

    É uma pena não tê-lo conhecido então, antes de se converter num Shopping Center para turistas, mas tenho a certeza de que continua sendo um lugar interessante. Mesmo que já não guarde a magia de outrora, tem que ser lindo dar um passeio nos arredores e comer em qualquer dos restaurantes do mercado, provar a famosa culinária baiana e curtir da música, do samba e das rodas de capoeira.

    ResponderExcluir
  19. Rolezinho no Shopping

    Parabéns Daniel. Nem tinha ouvido falar sobre isto dos rolezinhos. Não há dúvida que a situação já se tornou grave...

    Na minha opinião, esto é um exemplo do grande problema que o Brasil tem com a desigualdade entre classes. Embora a economía brasileira tenha crescido uma enormidade na última década, ainda existe uma grande parte da população com baixo poder adquisitivo. Não ajuda que os jovens desejem consumir bens materiais de grife para se sentir “alguém”.

    Infelizmente, o problema não se vai solucionar colocando seguranças nas portas dos shopping centers. O governo tem que seguir investindo na igualdade de oportunidades e na melhora das políticas educativas.

    Carmen Moreno

    ResponderExcluir
  20. DICAS PARA UMA VIDA SAUDÁVEL

    Oi Sofia e Ronan,

    Gostei muito do artigo e concordo totalmente com vocês. O esporte apenas tem vantagens: além de ajudar a manter o corpo e a mente em equilíbrio, é um bom remédio contra o estresse. Acho que muitas pessoas vivem estressadas por causa do trabalho, e está demonstrado que se estas pessoas praticassem esporte com assiduidade, elas não estariam tão estressadas e esqueceriam em parte os problemas cotidianos.

    É bom os jovens brasileiros serem conscientes da importância do esporte e, por isso, gostam de praticá-lo de média 3,3 días por semana. No entanto, é pena que não se promovam outros esportes minoritários. Na Espanha, ocorre o mesmo, o futebol é o esporte mais importante e acho que sería necessário que se fomentassem outros esportes menos conhecidos.

    Como vocês, também acho que a ioga é uma disciplina cada vez mais praticada. A vantagem é que não há idade para este esporte e, portanto, pode ser praticado também por pessoas idosas.

    Em conclusão, achei o artigo muito interessante e curti muito com a leitura!

    Beijos,

    María Moya

    ResponderExcluir
  21. SEBASTIÃO SALGADO

    Gostei muito do artigo, gostei muito dos detalhes sobre a vida do fotografo Sebastião Salgado. Eu fui visitar a exposição no Caixaforum mesmo duas vezes! Adorei! É verdadeiramente un exemplo da natureza, da vida que nas cidades grandes muitas vezes esquecemos. Ver a exposição foi un prazer para a vista, sobre tudo para conhecer a existéncia de etnias que mesmo não conhecia ou não tinha visto em imagens.

    Gostei sobre tudo das fotos da Africa, e do Alaska, também dos pinguins. Não tinha visto tão cerca os nenets do Artico, fiquei surprendida com a vida tão difícil e solitária que têm. Ainda fique mais impressionada ao ler que o fotografo teve uma vida totalmente integrada com a sua durante o tempo que ele fico com eles tirando fotos. Imagino que ele fez o mismo durante suas outras visitas... Eu fico con inveja da vida de ele, ele fez a volta ao mondo inteiro durante oito anos!

    Eu gosto muito da fotografia e sempre tento ir às exposições que descobro. Sem dúvida esta foi uma das melhores. Gostarei de seguir os próximos tabalhos de este gran fotógrafo.

    Paula Martínez

    ResponderExcluir
  22. Gostei muito do artigo "Botín e Lula: Rasgação de seda". Acho que é um bom resumo para as pessoas que não conheçam dos negócios do Banco Santander lá no Brasil. Mas sinto a falta de argumentos críticos com essa relação e também favoráveis. Botín é um personagem muito controvertido no nosso país. Também é importante dizer que não sempre que faz pronósticos acerta. Agora ele não duvida da economia do Brasil, como outros estão começando a fazer. É o presidente do maior banco da Espanha e não pode ser pessimista, Mas em 2010 disse que íamos sair naquele momento da crise, e na metade de 2011 chegou a segunda recessão. No final de 2013 disse que tinha começado a chegar muito dinheiro a Espanha. É verdade, esse dinheiro chegou, mas ainda as pessoas não percebem.

    ResponderExcluir
  23. Agora que o verão se aproxima e queremos mostrar um corpo bonito na praia ou na piscina, nos obsessionamos por começar a praticar esporte. É uma pena que as vezes só o pratiquemos alguns dias antes de abandonar a tarefa até o verão seguinte. Achei muito interessante o artigo “dicas para uma vida saudável” para encontrar a motivação necessária para continuar com a nossa meta de praticar esporte rotinariamente e ter mais objetivos a conseguir além de um bonito corpo, como incentivar a parceria, combater a depressão ou melhorar a nossa saúde física e emocional.
    Penso a mesma coisa que a Sofia e o Ronan quando eles dizem que não existem pessoas que não gostem do esporte, só quem ainda não encontrou o seu. Na minha opinião, na Espanha também temos o mesmo problema que há no Brasil da hegemonia do futebol do que eles falam no artigo que impede as pessoas conhecerem outros esportes.
    Parabéns pelo artigo!
    Abraço!
    Fran

    ResponderExcluir
  24. Juscelino Kubitschek de Oliveira, o primeiro Presidente do Brasil nascido no século XX, é um dos políticos mais admirados no seu país. A sua morte, como a de qualquer pessoa famosa, se for suspeitosa, é até hoje um tema recorrente na vida de todos os brasileiros. Tenho de admitir que não sabia muito sobre ele e este artigo fez que lesse mais sobre esta personagem tão importante para os brasileiros.
    Segundo o ex-secretário de Juscelino Kubitschek Serafim Jardim e a “Comissão Vladimir Herzog para a Verdade", constituída pela câmara municipal de São Paulo, a sua morte não teria sido provocada por um acidente de carro mas foi resultado de uma conspiração urdida por dirigentes do Serviço Nacional de Informação e o Exército brasileiro para impedir o regresso de Kubitschek à política.

    Entretanto, o artigo mas recente que encontrei na internet, de 22 de abril deste ano, diz que após dois anos de investigações, a Comissão Nacional da Verdade tinha concluído que o governo militar não teve participação na morte do ex-presidente da República. Um fragmento de ferro encontrado no crânio do motorista de JK, Geraldo Ribeiro, depois da exumação, que provocou as teorias de conspiração sobre um tiro, foi enviado à análise do Instituto Nacional de Criminalística do Departamento de Polícia Federal. Eles constataram que não pertencia a um projétil de arma de fogo e que era compatível com cravos metálicos para fixação de forro interno de caixão.

    Sem dúvida, esta conclusão vai provocar outras teorias e, provavelmente, investigações, porque ainda ficam muitos pontos para esclarecer. Infelizmente, com o passo do tempo será cada vez mais difícil descobrir a verdade completa. Como a pergunta que ouvimos tantas vezes: “Quem matou John F. Kennedy?“, esta pergunta também vai ficar sem uma reposta definitiva para sempre.

    ResponderExcluir
  25. Boa tarde,

    Eu gostaria de falar do problema do turismo sexual infantil durante a copa do mundo do Brasil.

    O turismo sexual e a prostituição infantil são um grande problema para o Brasil, que durante Copa do Mundo poderia adquirir maior magnitude devido ao afluxo de turistas. Na semana pasada o diario The Guardian publicou uma reportagem em Fortaleza, uma cidade que ele descreve como " a capital do turismo sexual. "

    A cidade de Fortaleza, sede do partido entre México e Brasil na terça-feira , Junho 17, é atingida por este problema muito, mas outras cidades , também. No ano passado, meio milhão de crianças no país estão envolvidas em prostituição , de acordo com o Fundo Nacional para a Prevenção do Trabalho Infantil . Este valor é cinco vezes maior do que em 2001 pela UNICEF.

    The Guardian descreve em sua nota que a prostituição é muito comum ao redor do estádio Castelão , em Fortaleza. Embora no ano passado, o governo brasileiro lançou uma campanha contra a prostituição infantil problema está longe de ser resolvido e é um dos grandes desafios para a organização da próxima Copa do Mundo .

    Ana Delgado

    ResponderExcluir
  26. Artigo: DICAS DE VIAGEM

    Oi, Alejandra, Tom!

    Eu adoro esta seção da gazeta! Acho que é muito interessante, pois aproveito quando posso tirar férias para viajar seja pela Espanha seja pelo estrangeiro. Depois que eu lesse o seu artigo, fiquei com muita vontade de visitar Florianópolis. Ainda eu tivesse ouvido falar sobre as praias de Santa Catarina, não sabia que era um destino tão importante para os surfistas. Se bem que eu conhecia este lugar por alguns amigos que já foram para lá, acho que é um ponto turístico do Brasil pouco promovido na Europa. Seria bom o governo brasileiro fizesse mais publicidade de outros destinos menos conhecidos fora do país, já que normalmente os lugares mais visitados pelos turistas europeus são Rio de Janeiro e as cidades do nordeste se eles procurarem curtir o sol e bom tempo. Aliás, é importante o Brasil fornecer boas comunicações em avião para atrair turistas da Europa.

    Abraço.

    Belén

    ResponderExcluir
  27. Gostei muito do jornal, contém matérias interessantes e atuais. E parabéns aos redatores, pois além de tudo, escrevem muito bem em português, realidade distante de muitos de nossos estudantes e de grande parte da população.

    ResponderExcluir